Cirurgia Plástica

A intervenção cirúrgica tem a função de corrigir lesões e deformidades que atingem a aparência física ou reparações estéticas, tudo para devolver a autoestima e auxiliar na melhora da funcionalidade da região a ser tratada.

HOC Hospital de Olhos e Clínicas

A cirurgia plástica é a especialidade médica que ajuda na reconstrução e na reparação de partes do corpo externo. Doenças, deformidades congênitas, traumas causados por acidentes ou apenas reparações estéticas podem ser tratadas com as técnicas e ferramentas disponibilizadas pela modalidade. Ela tem o objetivo de auxiliar na melhora da aparência física e funcional do paciente, contribuindo para a manutenção da autoestima e da qualidade de vida.

Alguns exemplos de casos em que a intervenção pode atuar são nos tratamentos de queimadura, na reconstrução da mama após um câncer, correções como orelha de abano, transplantes microcirúrgicos de ossos e músculos, entre outros. Na parte estética, a cirurgia plástica pode alterar as regiões do nariz, papada, seios, abdômen, pernas e glúteos, diminuindo ou aumentando seus tamanhos, ou apenas alterando sua forma.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica é preciso, antes da cirurgia, fazer uma investigação das condições de saúde do paciente com exames diagnósticos e informá-lo de todas as fases do pós-operatório para que a escolha da cirurgia seja feita de maneira clara e consciente.